3.7
(3)

Esta região do nordeste africano encontra-se na península da Somália e é banhada pelo oceano Índico e mar Vermelho, assumindo uma posição geoestratégica muito importante no transporte marítimo e comércio mundial.

O “Corno de África” encontra-se constantemente em convulsão, primeiro porque é atravessada por um rift (falha tectónica divergente muito ativa), visível através uma depressão que se estende aos grandes lagos. Dentro de alguns milhões de anos, esta fratura separará a sub-região do continente africano, vindo a ser mais uma grande ilha, a acompanhar Madagáscar no Índico.

Os países constituintes do Corno de África são dos mais pobres, corruptos e inseguros do mundo. A maior parte destes estados, pouco soberanos, contam nos 10 países mundiais com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mais baixo, resultante da desestruturação política e ineficácia do sistema de educação e saúde. O grupo extremista islâmico Al-Shabaab tem vindo a espalhar o terror sobre as populações e a controlar os recursos naturais da região. Com esta triste realidade, o “Corno de África” são das regiões mais repulsivas do mundo, justificando as migrações económicas e os refugiados de guerra das suas populações que tentam chegar à Europa, numa dramática travessia do Mediterrâneo.

Região nordeste de África, o “Corno de África”. (Fonte: https://www.dw.com/pt-002)

Sérgio Bastos

Gostaste desta publicação?

Deixa a tua votação! Ou se quiseres, comenta abaixo.

Média das votações 3.7 / 5. Vote count: 3

Ainda sem votos. Queres ser o primeiro?

Ai é?

Segue-nos nas Redes Sociais