Cuidar dos avós: a universidade explica…

5
(11)

Hoje, na aula de Educação Moral, tivemos a presença de uma pessoa especial que a professora Cristina convidou. O tema que estamos a trabalhar, no ensino à distância, é a família e chegou o momento de centrar a atenção sobre os avós.

O convidado, é professor no Departamento de Saúde da Universidade de Aveiro, coordenador do curso de enfermagem, mas também é enfermeiro. O professor Alexandre Rodrigues contou uma história sobre um menino que nasceu e que, enquanto os pais cozinhavam e lavavam a roupa, o irmão mais velho tomava conta do mais novo. Eles cresceram, tinham emprego e tinham a sua própria família. Um dia, a mãe  ficou doente, ficou acamada e então os filhos mudaram as suas vidas para tomarem conta da sua mãe, eles cuidavam da mãe e do pai e organizavam-se nas tarefas de casa. Chegou um dia em que o pai deles também ficou doente e eles não podiam tomar conta dele, porque já tomavam conta da mãe. Ambos os filhos tinham que ir trabalhar, ajudar nas tarefas de casa e com essas ocupações não tinham tempo de tomar conta do pai. Até que os irmãos tiveram que decidir entre contratar alguém para os ajudar ou colocá-los num lar.

Aprendemos que logo que nascemos, precisamos de ter quem tome conta de nós. Mas quando envelhecemos, precisamos novamente de quem cuide com carinho. Aprendemos que há perigos para os idosos: as quedas, as feridas quando a pessoa está acamada, e a solidão. Também compreendemos, que quando se põe os idosos no lar, por exemplo, não significa que não os queremos, mas acontece porque eles necessitam de cuidados e não há possibilidade ou tempo para tomar conta deles como deve ser. Assim, percebemos que em família precisamos de nos cuidar uns aos outros.
Catarina Magalhães 5.ºC

Gostaste desta publicação?

Deixa a tua votação! Ou se quiseres, comenta abaixo.

Média das votações 5 / 5. Vote count: 11

Ainda sem votos. Queres ser o primeiro?

Ai é?

Segue-nos nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.