Uma amizade improvável

5
(20)

Do autor Luís Sepúlveda, esta é a história do Zorbas, um gato grande, preto e gordo, que mora numa casa perto do porto de Hamburgo.

Numas férias, Zorbas fica em casa, sozinho, e enquanto apanhava sol na varanda, cai-lhe ali, mesmo à sua frente, uma gaivota moribunda. Esta, depois de ser apanhada pela maré negra, perde-se do seu bando e o seu último destino é a varanda do Zorbas.

Porém, antes de morrer, põe um ovo e faz três pedidos ao grande gato: que não como o ovo, que cuide do ovo e quando a ave nascer deverá ensiná-la a voar. Zorbas concorda, sem se aperceber da grande responsabilidade que era educar uma pequena ave.

E, assim, começa a sua grande aventura. Querendo ser fiel à sua palavra, vai empenhar-se para cumprir a sua promessa.

Tudo isto com a ajuda dos seus amigos Secretário, Sabetudo, Barlavento e Colonello, dado que, como se verá, não será nada fácil, sobretudo para um bando de gatos mais habituados a fazer frente à vida dura de um porto como o de Hamburgo do que fazer de pais de uma pequena gaivota, a Ditosa.

E quanto ao resto, bem, terão de ler o livro e viver todas as peripécias. E os que já leram recordá-las.

Esta história traz-nos uma lição: o destino encarrega-se de juntar dois animais completamente distintos que, por causa de uma promessa, constroem uma bela amizade. E a amizade é assim mesmo. Por vezes, uma verdadeira amizade encontra-se entre os seres mais improváveis.

Vivam os verdadeiros amigos!


Pedro Machado 5.ºA

Gostaste desta publicação?

Deixa a tua votação! Ou se quiseres, comenta abaixo.

Média das votações 5 / 5. Vote count: 20

Ainda sem votos. Queres ser o primeiro?

Ai é?

Segue-nos nas Redes Sociais