Uma “passada” geológica de 135 milhões de anos na serra de Arga…

5
(3)

O solo que pisamos carrega muitas histórias da vida da Terra e cabe à geologia descobri-las!

Muitos desses aspetos são tão relevantes que merecem uma classificação de geossítio e a concentração dos mesmos em determinado território pode classificá-lo enquanto Geoparque.

Para além da beleza natural da serra de Arga, este maciço montanhoso tem uma complexidade geológica que em tempos levou à extração mineira de volfrâmio e recentemente despertou o interesse no lítio.

A vertente leste da Serra de Arga, nas proximidades da aldeia do Cerquido, existe um contacto geológico muito evidente que permite ao caminheiro dar um “salto” temporal de 115 milhões de anos, numa simples passada! Estes contactos geológicos bem definidos são raros, mas num percurso pedestre entre as aldeias do Cerquido e da Montaria encontramos sucessivos saltos temporais entre os metassedimentos xistentos do Silúrico com 420 milhões de anos para os granitos hercínicos com 305 milhões de anos.

Sérgio Bastos

Gostaste desta publicação?

Deixa a tua votação! Ou se quiseres, comenta abaixo.

Média das votações 5 / 5. Vote count: 3

Ainda sem votos. Queres ser o primeiro?

Ai é?

Segue-nos nas Redes Sociais