Uma ponte de Luanda ao Freixo

5
(5)

Este projeto já andava a ser maturado há uns tempos e nem a pandemia o conseguiu parar.

O Comunica tirou da gaveta mais uma ideia que andava a fervilhar de há uns tempos para cá: criar uma rede de escolas-parceiras em todos os países onde se fala a língua portuguesa. Depois de termos pedido nas redes sociais aos nossos leitores que nos indicassem escolas que podiam trabalhar connosco, começaram a chegar os primeiros contactos e já estamos a produzir.

A primeira escola a entrar no projeto foi a Escola Camilo Castelo Branco, de Luanda e depois de uma primeira reunião online muito divertida, debatemos uma série de ideias para pôr os alunos de ambos países a trocar as suas experiências.

Polichinelo, já ouviste falar? Nós aqui não, mas os miúdos de Luanda prometeram enviar um vídeo a explicar em que consiste essa coisa estranha (parece que é uma dança). Mal podemos aguardar. Sim, porque também já estamos a pensar na resposta que lhe vamos dar 🙂

 

E eles também têm um jornal bem giro, chama-se Janela para o Mundo. Dá uma vista de olhos.

Gostaste desta publicação?

Deixa a tua votação! Ou se quiseres, comenta abaixo.

Média das votações 5 / 5. Vote count: 5

Ainda sem votos. Queres ser o primeiro?

Ai é?

Segue-nos nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.